Horizonte de Eventos

Reflexões sobre a vida, o universo e tudo mais

Category Archives: Entretenimento

Seríamos nós virados no Jiraya?

Jiraya_Again_by_kirschnerHá muito anos ouço o termo “Virado no Jiraya” e, apesar de entender o sentido da frase, não conseguia compreender a relação do personagem do nostálgico seriado japonês com uma situação agitada a qual alguém poderia estar passando. Estar virado no Jiraya é estar agitado, por vezes nervoso e, em casos patológicos pode estar associado com a hiperatividade de um determinado indivíduo. Ainda assim, nunca de fato utilizei este termo, pois nunca concordei.

Sekai Ninja Sen Jiraiya (世界忍者戦ジライヤ), traduzido como Guerra Mundial dos Ninjas Jiraiya e lançado no Brasil sob o título de Jiraiya, o Incrível Ninja) é uma série de televisão japonesa do gênero tokusatsu, pertencente à franquia dos Metal Heroes. (Fonte: Wikipedia)

O mais interessante é que após rever o seriado o sentimento ao refletir sobre o termo é outro. A cada episódio nos deparamos com o personagem principal evoluindo não apenas na arte ninja, mas também como ser humano, aprendendo a valorizar a vida sob os bens materiais, enfrentando batalhas que, a princípio pareciam impossíveis e muitas vezes sem as armas necessárias para vencer, mas que ainda assim mostrava-se firme e perseverante, tendo como foco vencer, seja qual inimigo fosse, colocando para os expectadores que a luta por um ideal de paz para a humanidade pode ser a maior recompensa possível.

Pessoa na corda bamba entre bem e malOs ensinamentos ninja da série podem ser aplicados no dia a dia por qualquer um, em ações simples de respeito ao próximo e que valorizem o ser humano acima de tudo. Sendo assim, reforço que não entendo o motivo de rotularem pessoas agitadas assim. A sabedoria de um ninja não está em mostrar-se, na luta ou nas armas que sabe manejar, mas no respeito pelo seu semelhante e pela natureza.

Se as pessoas assistissem e entendessem a mensagem da série, tenho certeza que este termo seria muito melhor empregado com muitos Jirayas praticando o bem maior.

Anúncios

Horizonte Nerd #5

Nesta semana os destaques do mundo entretenimento vão para as séries The Blacklist, Agents of SHIELD e Dr. Who e nos vídeos do Youtube. Confiram abaixo:

cinema2

Filmes

  • As bem Armadas (The Heat) – Filme divertido, no padrão sessão da tarde. A pesar de uma história bem simples, o contraste das personagens e as situações, apesar de previsíveis, tornam este filme uma boa opção para se relaxar um pouco, não que seja de dar gargalhadas em cada cena, mas é uma boa opção.

Séries

tv

  • Scandal S02E14 – Episódio mediano para a série. Foi mais como um lembrete de algumas pontas que ainda precisam ser explicadas. O desenvolviment
  • o da trama evoluiu pouco, ficando mais focado na tensão do presidente saber do que houve e culpar aqueles que estão envolvidos. O ministério da motivação do novo personagem que observa Olívia ainda permanece.
  • Under The Dome S01E02 – Não consegui ver o episódio inteiro, mas a metade que vi demonstrou que a trama evoluiu pouco, o que é estranho, dada situação bizarra em que este povo encontra-se. Vale a pena continuar assistindo, só não sei conseguirei agenda.
  • The Blacklist – S01E07 – Bom episódio, com um toque mais humano, mas com pouco desenvolvimento do roteiro no que diz respeito a trama que está esgueirando-se pelas sombras de Liz. Os mistérios se mantém.
  • The Walking Dead – S04E5 – Mais um episódio que não chega em lugar algum na história, sendo totalmente descartável. Quem não assistiu, não perdeu nada. O roteiro está muito fraco e o episódio todo apresentou cenas desconexas, erros de continuidade e mancadas que não dá para passarem desapercebidas.
  • American Horror Stories S03E5 – Esta série está cada vez mais um punhado de mitologias juntas, que não saem e nem chegam em lugar algum. O episódio continua fraco e confuso, sem trazer nenhum elemento que faça o telespectador continuar assistindo. Para uma série de bruxas, está muito fraca. Não continuarei assistindo regularmente.
  • Dr. Who S07E10 – Episódio divertido, trazendo a tona um mistério de fantasmas e terror que nada mais era do que alguém preso numa dimensão do espaço-tempo, além de revelar-se também um história de amor. Interessante. 
  • Dr. Who S07E11 – Este episódio foi bem interessante, por mostrar que a TARDIS é muito mais que uma nave. Destaque para as inúmeras salas e para a reação do Dr. que precisa a todos custo salvar Clara, estando disposto inclusive a destruir a nave.
  • Agents of SHIELD S01E07 – Episódio interessante, sem tantos aparatos tecnológicos e soluções milagrosas, sendo mais focado nos personagens e na relação entre si. Iain De Caestecker está muito bem em seu personagem, sendo que o episódio é dedicado praticamente todo a ele. Outro ponto interessante foi que eles não estão sozinhos, não são a SHIELD, mas sim parte dela. Isso demonstra que algo mais pode estar acontecendo e novos elementos poderão ser mesclados a série no futuro.

podcastPodcasts

Seguem os destaques da semana:

    • Dragões de Garagem #19 – Descoberta do DNA – Discussão muito profunda sobre esta que é a receita de nós mesmos. Abordado de forma simples e ao mesmo tempo científica, os participantes demonstraram grande conhecimento não apenas do tema em si, mas de sua história. Vale muito a pena.
    • Fronteiras da Ciência – Sono 1 – Sendo este o principal podcast de ciência, não poderia deixar de destacar este episódio com um tema tão apropriado para o meu momento pessoal. Entender mais sobre o sono, e valorizá-lo não é apenas algo para o público em geral, caiu como uma luva para mim. Recomendo muito este episódio e já estou aguardando ansiosamente para a segunda parte.
    • Braincast #88 – Vivendo no Exterior – Muitos programas de TV abordam este tema, no entanto os participantes, figuras já carimbadas dos ouvintes de podcasts, relatam suas experiências de maneira bem informal. Gostei bastante e recomendo.

 

Outros episódios que ouvi na semana:

  • Cinema em Cena #104 – A cor no cinema
  • Radiofobia Almir Marques Entrevista #13 – Isaac Bardavid
  • Omelete Night #4 – Robin, o rei da orgia
  • Café Brasil #375 – Régua, compasso e normose 2
  • MRG #194 Quadrinhos: O Pedido do Pedinte que Pediu!
  • 5 Minutes PM Podcast – Lidando com o Atrito em Relação a Hierarquia Funcional e o Projeto

Youtube

Seguem abaixo algumas dicas de conteúdo na Internet:

E assim, fico por aqui. Comentem o post com suas opiniões sobre as dicas, críticas e sugestões.

Horizonte Nerd #4

Nesta semana os destaques do mundo das séries vão para Scandal, The Blacklist, Under The Dome e nos podcasts com o Nerdcast, JurassiCast e Papo de Gordo. Confiram!

tv

Séries

  • Scandal S02E13 Episódio bem redondo, apresentando inclusive um avanço na trama. O presidente fica sabendo da verdade e sua reação obviamente não é das melhores. O link do presente com o passado dos personagens vem a tona e assim podemos prever muito drama nos próximos episódios.
  • The Blacklist S01E06 Episódio bem envolvente em que, ao mesmo tempo que aparenta avançar na história da verdade do marido de Liz, empaca em mais mentiras, demonstrando cada vez mais que há muito ainda a ser descoberto. Sinceramente preferia que ele fosse desmascarado logo, pois que ele esconde algo, não há dúvida. Destaque para a participação da atriz Margarita Levieva.
  • The Walking Dead S04E04 Episódio muito fraco, pra variar. As cenas não acrescentaram nada a trama, pura enrrolação. Totalmente dispensável.
  • American Horror Stories S03E4 Episódio mediano. Fez um link com o passado para explicar melhor o caráter da personagem principal. Ainda assim, está muito morno. Não está claro para onde a série vai, colocando-se apenas como um passatempo.
  • Agents of SHIELD S01E6 Episódio muito bom, sem grandes explosões, mas focando na trama dos personagens. Surpreendeu-me por mostrar a fraqueza humana, mesmo que com uma desculpa ficcional. A séria continua boa e promete.
  • Under The Dome S01E01 Gostei da premissa da série e o primeiro episódio foi muito bom, abordando a premissa, mas não restringindo-se apenas a ela, apresentando personagens dúbios e que demonstram que, apesar da ficção, os conceitos psicológicos apresentados vão muito de encontro com a realidade que enfrentaríamos em situação similar e isolamento de uma sociedade. Vou continuar assistindo.

podcastPodcasts

Seguem os destaques da semana:

  • Descontrole #30 – Roubadas, Furadas & Baladas Erradas – Episódio bem divertido com situações comuns a todos nós. A galera deste podcast não possui um formato muito original, mas até que o fazem muito bem.
  • MdM #239 – Os 50 anos dos X-Men e AAAAI AAAAAAAAAI! – Como grande fã de quadrinhos desde minha adolescência não poderia deixar de elogiar este programa. Tudo foi muito bem colocado e as opiniões dos participantes foram muito de encontro com minhas. Vale a pena a nostalgia.
  • Nerdcast #387 – Eu sobrevivi! – Como sempre o Nerdcast é imbatível. Atualmente tudo é politicamente correto, mas na minha infância e adolescência tudo podia acontecer. Excelentes situações muito bem retratadas pelos participantes, as quais muitos de nós também passamos em nossa vida. Vale a pena ouvir.
  • Papo de Gordo #124 – Sexo Depois do Casamento – Assunto sério tratado com muita descontração pelos participantes. Ri muito das situações abordadas e que são comuns a vida de casal.
  • Café Brasil #374 – Régua, compasso e normose 1 – Não sou fã deste podcast, pois a dinâmica não é das melhores, mas o tema abordado me chamou atenção e, apesar de não ser abordado de maneira muito profunda, vale a pena ouvir como uma introdução ao tema.
  • JurassiCast #70 – Teoria da Conspiração Ilumanada – Um excelente episódio sobre o linha tênue entre Stanley Kubric, Stephen King e o Iluminado. Os participantes contam a história do filme, as diferenças com o livro que deu origem, além de curiosidades e easter eggs. Para quem curte o filme, recomendo!

Outros episódios que ouvi na semana:

  • JurassiCast  #71 – Kunta Kinte e o Chocolate Sensual
  • Papo H #19 – Segunda Tela, Bizarrices da SPFW e Top5: relógios + Caros
  • Dragões de Garagem #18 – Psicologando sobre o amor
  • SpinOff Podcast S07E09 – Os Dois Não Viram (Quase Nada Essa Semana
  • Gart Capote BPM Podcast #9 – Sandra Camelo & Estratégias, BPM e Desempenho Integrado
  • ChupaCast #39 Malandro
  • O Melhor Humor do Rádio #62 – PRK-30 VIII
  • Omelete Night #03 – Podcast perturbado
  • Braincast #87 – Tecnologia e Publicidade para Crianças

Youtube

Seguem abaixo algumas dicas de conteúdo na Internet:

E assim, fico por aqui. Comentem o post com suas opiniões sobre as dicas, críticas e sugestões.

Horizonte Nerd #3

Nesta semana os destaques do mundo entretenimento vão para o filme Truque de Mestre e os episódios de The Blacklist e Revenge.

cinema2

Filmes

  • Depois da Terra (After Earth) – Filme com uma temática interessante, mas muito mal aproveitado. O roteiro foi escrito pelo próprio Will Smith, e peca em forçar uma demonstração do nível de atuação de seu filho. Decepcionante e desnecessário.
  • Truque de Mestre (Now You See Me) – Filme divertido e um bom passatempo para as tardes de domingo. É possível identificar um paralelo com Onze homens e um segredo, sendo quase uma versão do mesmo, mas além de surpreender em algumas cenas, tem um roteiro bem fechado. Vale a pena!
  • É o Fim (This is the End) – Não percam tempo, é uma verdadeira bomba cinematográfica. A única desculpa do filme é se considerarmos-no como um filme B, do tipo Cine Trash, e mesmo assim… Não perca tempo.

tv

Séries

  • Meu passado me condena S01E01-03 – Série bem divertida que virou filme, tendo estreado nos cinemas na última semana. O primeiro episódio é bem interessante, com um bom ritmo entre os atores. É bem água com açúcar, mas se estiver sem o que assistir, torna-se uma boa pedida. No Multishow está estreando a segunda temporada.
  • How I Met Your Mother – S09 – E03-06 – Os episódios desta temporada continuam engraçados, mas estão muito mais fracos que de costume. A série parece que perdeu o tom e está forçando situações para ter como estender um final de semana para toda uma temporada de 24 episódios. Desnecessário, porém para quem viu até aqui, vale a pena seguir até o final.
  • Scandal S02E12 – Episódio bem murcho, chegando até a ser contraditório dada a personalidade da personagem principal. A série está no vai e vem de roteiro com qualidade, revisando entre bons e episódios medianos.
  • The Blacklist S01E05 – Mais um episódio muito bem amarrado, principalmente com a atuação de Robert Knepper , que trouxe mais seriedade para a história. Além disso, podemos ver que a mitologia envolta da personagem principal é muito mais profunda do que imaginávamos, com informações sobre seu noivo sendo reveladas, entre outros fatores. Vale a pena continuar assistindo.
  • The Walking Dead S04E03 – Mais um episódio que não chegou em lugar algum. Uma pena. A série já está sendo apelidada de “The Borring Dead”. Tenho poucas esperanças de melhora.
  • Revenge S03E04-E05 – Excelentes episódios, demonstrando que os roteiristas estão com a corda toda, e Emily mais ainda. As facetas dos personagens estão cada vez mais levando os telespectadores a duvidar em quem deve-se confiar e deixando-nos sem pistas de como a trama será desenrolada. Tudo pode acontecer e com certeza estarei por aqui para conferir, afinal a temporada está somente começando.

podcastPodcasts

Seguem os destaques da semana:

  • 99Vidas #99 – Eu tive 99 vidas – Episódio mais nostálgico impossível. Histórias dos 99 episódios, com participação dos ouvintes e muita emoção entre os participantes.
  • Ultrageek #120 – Nikola Tesla – Excelente episódio sobre este que foi um dos personagens mais importantes da história e responsável pela tecnologia como a conhecemos, mas que até hoje é injustiçado na história da humanidade.
  • Nerdcast #386 – A ciência e as metáforas de Gravidade – Ouvi sem assistir o filme e, apesar de conter spoilers, possui também excelentes comentários sobre astronomia, o que torna o episódio muito mais do que um simples review do filme.

Outros episódios que ouvi na semana:

  • Alerta Vermelho #49 – Fall Season 2013
  • Fronteiras da Ciência – Extinções em Massa
  • UPDATE – Lançamentos Apple e Nokia, Youtube e Schwarzenegger
  • SpinOff Podcast S07E08
  • Vale a Pena ou Dá Pena #144 – Meu Passado Me Condena
  • MRG Voz do Robô #61 – A Bomba Gay
  • RapaduraCast #347 – Armaria, eu sou cheio de manias
  • Omelete Nights #02
  • Loserlândia 27: Sou Adulto!? E Agora?
  • 5 Minutes PM Podcast – Entendendo que Processos e Projetos não são a mesma coisa

Youtube

Seguem abaixo algumas dicas de conteúdo na Internet:

E assim, fico por aqui. Comentem o post com suas opiniões sobre as dicas, críticas e sugestões.

Horizonte Nerd #2

Mais uma semana se passou e, de acordo com o compromisso assumido, aqui estou com nova dicas de entretenimento. Espero que curtam e comentem.

cinema2

Filmes

  • O Ataque – Mesmo com tema clichê e já apresentado no desastroso Invasão à Casa Branca (Olympus Has Fallen), este filme abordou a problemática de forma muito bem feita, com um roteiro sem grandes falhas, apresentando uma visão de como seria, caso se tornasse realidade. Os elementos utilizados no filme para a invasão em si foram bem reais, conseguindo assim manter a tensão do filme e do espectador. Para quem curte um bom filme de ação com ingredientes de política, este é um bom pedido.

tvSéries

  • Scandal S02E11 Episódio evoluiu a trama, mostrando o tal acordo que fizeram para garantir a eleição do presidente. Foi um episódio interessante, no entanto a recuperação milagrosa do presidente e as desculpas que usaram para não demonstrar sua fraqueza foram muito fracas, praticamente uma “muleta” do roteiro.
  • The Blacklist S01E04 Foi um bom episódio, dentro da média como os demais, trazendo uma trama bem fechada e uma jornada do herói bem redondinha, no entanto o roteiro continua insistindo na mesmice do “monstro da semana”, isso sem contarmos o quanto o FBI é falho, coisa que acaba desacreditando a série (como ocorrido com a decepcionante The Following). Ainda vale a pena assistir, mas não sei por mais quanto tempo.
  • The Walking Dead S04E02 Episódio bem mais agitado que o primeiro. Este sim pode ser considerado como retorno da série, com um bom ritmo do início ao fim. A única coisa que me preocupou foi a ideia de uma nova raça de zumbis. Espero que os roteiristas não sigam por este caminho.
  • American Horror Story S03E02 Com este episódio, pouco avançou-se na história. Muita fantasia envolvendo os personagens e pouco desenvolvimento de roteiro. Ainda vou esperar, mas se não melhorar, descartarei esta série.
  • Agents of Shield S01E05 Mais um bom episódio. Minha preocupação foi ouvida e o episódio não restringiu-se ao “monstro da semana”, o que nos dá uma boa esperança sobre o futuro da trama.
  • Revenge S03E03 – E realmente esta série voltou com tudo. Neste episódio, vemos a história desenrolando-se  ainda mais, dando-nos um gostinho de que a querida Emily/Amanda conseguirá atingir seus objetivos. Claro que sabemos que a temporada está somente começando, portanto nada seria tão fácil. Para aqueles que seguem a série, este foi um excelente episódio.

podcastPodcasts

Seguem os destaques da semana:

Outros episódios que ouvi na semana:

  • MRG #193 Qadrinhos: Daytripper – Vai pra onde Chico?
  • SpinOff S04E07
  • PapoTech #166 – Papo Gordo
  • MdM #237: Os novos clássicos, babadas no pau e Ô LOCO BIXO!
  • Nerdcast #385 – Os segredos públicos de Tom Clancy
  • UPDATE – PS4 Mil, Lumia 1020, TV curva e manage
  • Rapaduracast Plus #12 – Parques temáticos de Avatar e o Senhor Anéis, Star Wars VII, Pacific Rim 2 e Kick-Ass 2
  • Radiofobia #123 – Especial Manual do Mundo
  • Piratacast #54 – Inflação
  • UPDATE – Exoesqueleto, RealDoll e Galaxy Round

Youtube

Seguem abaixo algumas dicas de conteúdo na Internet:

E assim, fico por aqui. Comentem o post com suas opiniões sobre as dicas, críticas e sugestões.

Horizonte Nerd #1

Este é o primeiro texto de muitos futuros, dedicados exclusivamente à pequenas resenhas sobre entretenimento. Procuro aqui dedicar algumas poucas palavras sobre o que ando assistindo, ouvindo e lendo. Vamos lá.

Filmes:

cinema2Ahh, a sétima arte… como todo bom nerd, os filmes são uma boa fonte de inspiração para a ciência e tecnologia, mas também para entreter e refletir sobre a vida. Segue abaixo o que assisti na última semana:

  • Círculo de Fogo (Pacific Rim) O filme ganhou minha admiração pelas excelentes referências a animes e tokusatos, trazendo lembranças de Evangelion, Akira, Super Sentais e principalmente os Metal Heros. Recomendo para os fãs dos antigos seriados japoneses!
  • Velozes e Furiosos 6 Bom filme, cheio de explosões, carros fantásticos e uma boa dose de adrenalina. Cumpre o que promete. Perfeito para um final de tarde!

Séries:

tvPaixão de muitos nerds, as séries não poderiam estar de fora, e quem me conhece sabe que assisto muitas:

  • CSI S14E01 Episódio de estréia da temporada. Trouxe a finalização para o caso que fechou a temporada anterior. Foi um episódio tenso, com muito pouco da essência da série investigativa, mas ainda assim com um bom ritmo. O final para a trama foi um pouco clichê e podia ter sido apresentado na temporada passada, mas não foi de todo perdido.
  • Scandal S02E10 Episódio muito bem amarrado, exceto pela previsibilidade de seu final. O desenvolvimento da trama foi bom, incluindo reações de tensão do público. Como os últimos episódios, a série vem tentando colocar uma “mitologia” para interligar sua história, demonstrando que não se trata apenas do caso da semana, e este episódio foi inteiramente dedicado a isso.
  • The Blacklist S01E03 Bom episódio. A trama foi boa, mas está se tornando repetitiva. Os atores dão um show a parte, mas o roteiro está levando a série para a mesmice. Torço para que algo aconteça, caso contrário acabará gerando desinteresse.
  • The Walking Dead S04E01 – Mantendo a tradição dos episódios lentos, chatos e em que nada acontece, este episódio tinha tudo para ser diferente e explodir as cabeças de seus telespectadores, mas não o fez. A promessa de amarrar melhor o roteiro e aproximá-la do clima dos quadrinhos não aconteceu. Pelo menos até agora.
  • American Horror Story S03E01 Bom episódio. Vários elementos foram apresentados, agora vamos ver como vão evoluir. Estou esperançoso.
  • Agents of Shield S01E04 Mais um episódio sem muitas novidades. A série continua boa, e merece ser assistida, mas também corre o risco de cair o interesse, pois não há muito o que amarrar os episódios. Os casos da semana precisam evoluir e começar a trazer novos elementos para a série.

Podcasts:

podcastMeus amigos podcasters que me perdoem, mas como ouço muitos podcasts vou me ater a comentar aqueles que são imperdíveis, merecendo ser ouvidos, como uma recomendação médica:

  • MRG #192 Quadrinhos – As melhores indicações do Mundo – Excelente episódio com grandes dicas de excelentes quadrinhos dadas por quem entende do assunto. Se está procurando algo de qualidade para ler, vale a pena ouvir as dicas e correr para as bancas e livrarias mais próximas.
  • Braincast #84 – Película vs Digital – A discussão sobre o tema é longa, e até os profissionais se dividem no assunto, mas vale a pena aprofundar-se um pouco mais e tirar suas próprias conclusões. Será que a tecnologia realmente irá mudar a forma que vemos o cinema?
  • Radiofobia – Almir Marques Entrevista #12 – Guilherme Briggs – Excelente entrevista com este que é um dos melhores dubladores do Brasil, com muita diversão e conteúdo sobre a história da dublagem no Brasil.
  • RapaduraCast #345 – O que aprendi com os filmes – Com este tema em mãos, tudo pode vir a tona. Excelentes lembranças e reflexões.
  • Nerdcast #384 – Minha Vida Não Convencional – Nada como a experiência de vida para nos fazer dar atenção ao que realmente importa. Excelente episódio para quem está inconformado com os padrões da sociedade dita “normal”.

Outros podcasts ouvidos durante a semana

  • Ultrageek #118 – Wearables
  • JurassicCast #69 – Tchuin Tchuin Flum Flai
  • Fronteiras da Ciência – Do barro viemos…
  • BoxCast #159 – The Walking Dead
  • Omelete Nights #01
  • MRG Voz do robô #60: Dragões, porcos e ruivas
  • Melhores do Mundo #236 As humilhantes histórias de bêbados do MdM
  • Loserlândia #1: Top 5 de Filmes de Losers
  • Pergunte a uma Mulher #6 – Sex friend, f*** fiend, P.A….
  • BoxCast #158 – Fall Season 2013
  • Fronteiras da Ciência – Criptografia
  • UltraGeek #117 – TOP 10 Fim do Mundo
  • 5 Minutes PM Podcast – Ego, Vaidade e Inveja: O drama do Gerente de projeto

Espero que tenham curtido as dicas. Até a próxima semana!

A Fringe Event

Olhou para o lado e mirou no semáforo, estava verde para os carros
Decidiu não arriscar-se e aguardar o momento certo de atravessar
Era uma grande avenida, como grande movimento de veículos
Lembrou-se de instantes ao levantar-se, de seu pensamento,
Ligado a um estranho sonho, o qual mal podia lembrar-se com detalhes

Olhou para o outro lado da avenida, também haviam pessoas querendo atravessar
Uns de mochilas, parecendo estudantes a caminhos da escola
Outros com pastas, bem vestidos
Deviam estar indo trabalhar, como ele estava
Mas, para os demais era somente mais um dia
Um dia regular, talvez nada acontecesse, nada mudasse suas vidas
Mas para ele não, só que ele também não sabia disso

realidade1

De repente ouviu um barulho dentro de sua mente
Não podia distinguir ao certo o que era, olhou para o lado
Parecia ser o semáforo, que havia fechado para os veículos, permitindo sua passagem
Ignorou aquela estranha sensação e deu seu primeiro passo em direção ao seu destino, o outro lado daquela avenida

Ao dar o segundo passo, sentiu que algo estava estranho
Viu a imagem da avenida e do mundo a sua volta ficar turva, tremendo
Podia ver como se fossem camadas a sua volta, como se fossem ondas do mar
Um rodamoínho em pleno ar, em plena avenida
Teve a sensação de estar viajando, mas não havia saído do lugar

vortex

Sua, mente sabia que estava atravessando a rua, como os demais que ali estavam
Não havia nada de estranho, mas sentia que algo estava diferente
Sentiu como se tivesse sido golpeado fortemente
Era uma dor em sua cabeça, tão repentina, que não podia explicar
Olhou novamente para o outro lado, em meio a imagem turva e mesmo com dificuldade decidiu continuar andando
Tentou dar outra passada, e quando colocou seu sapato em contato com o asfalto já quente da manhã, tudo sumiu

A sensação estranha, imagens estranhas e dores se foram
Deram lugar a uma sensação de surpresa
Olhou a realidade a sua volta e algo estava errado, podia sentir
A avenida era a mesma, mas estava diferente
Era como se estivesse em seu mundo, no mesmo lugar, mas em algum tipo de realidade alternativa

Claro que ele não sabia disso
Demorou um bom tempo para seu cérebro começasse a juntar as peças do quebra cabeça
Tudo aquilo era, ao mesmo tempo, muito igual e diferente de sua realidade

Quando chegou do outro lado da avenida sua mente havia viajado, sem que ele soubesse, para outra realidade, uma realidade na qual ainda estava vivo.

Ele era importante, só que ainda não sabia disso.
Alguma energia cósmica o havia transportado para esta realidade segundos antes de um grave acidente
Um caminhão de combustível desgovernado havia batido e explodido cerca de quatro quarteirões a sua volta
Mas ele não poderia saber disso, afinal não estavas mais lá, não havia vivenciado o acidente em si

Fringe

Tentou ignorar o que estava sentindo e a estranheza daquele lugar
Achou que estava sonhando e decidiu seguir em frente

Mal sabia o que estava para vir…

Homenagem a cultuada e excelente série de TV Fringe, que deixará saudades.

Novas vozes, novos amigos

Certo dia estava no ônibus voltando para casa. A viagem era longa. Na época trabalhava no Centro de São Paulo e, como era comum na época, estava eu tentando ler meu livro. Era um livro técnico, sobre metodologias de TI e algo começou a incomodar-me.
Um colega de fretado, Marcos, estava com fone de ouvido, e não parava de rir, cada vez mais alto.
No começo, pensei que era algo isolado, mas com o tempo aquilo começou a incomodar-me. Podia ter chamado o coordenador, reclamado com Marcos, xingado… mas fiquei na minha, em prol da educação e convívio em comunidade.
podcastDias se passaram e, em uma conversa com Marcos, o mesmo me falou que estava ouvindo um podcast muito legal, e que eu provavelmente também iria curtir.
Perguntei-lhe que raios era “Podcast”? Teria alguma coisa a ver com iPod? E foi assim que fui apresentado para meu primeiro Podcast, o Nerdcast.
Para quem não sabe, podcast são programas gravados, como se fosse um programa de rádio, mas que encontram-se disponíveis em MP3, permitindo que se baixe gratuitamente e ouça a qualquer momento.
Aceitei a indicação e baixei meu primeiro Nerdcast, episódio 28a, com a temática da série Lost. Coloquei o arquivo no meu celular e fui ouvir no metrô. Como Marcos, não conseguia ouvir sem cair na gargalhada.

nerdinho

O episódio foi muito bom e engraçado, o que levou-me a baixar os episódios anteriores, e os novos a cada semana, toda sexta-feira, sempre com um tema novo, mas excelentemente abordado. A cada semana que passava fui envolvendo-me cada vez mais com os personagens Jovem Nerd, Azaghal, entre outros. Para minha surpresa, conhecia pessoalmente um dos personagens, o Tucano, pois havíamos trabalhado juntos.
Depois do NerdCast, comecei a baixar o podcast do site LostBrasil, focado em reviwes dos episódios da série, depois o RapaduraCast, especializado em Cinema. Por um tempo consegui contentar-me com esses, mas pouco tempo depois fui apresentado pela turma do NerdCast ao MonaCast e MRG (Matando Robos Gigantes), e também aos de tecnologia PapoTech e Podsemfio, com participação da simpática Bia Kunze.

Hoje divirto-me muito com essas turmas e, em alguns casos sinto-me também parte delas, como se os conhecesse há anos, pois são meus companheiros de viagem diariamente. A cada novo programa meu celular já baixa automaticamente, e lá está… diversão e informação garantida!

Agradeço a Marcos por ter me apresentado esses programas e as equipes que se reúnem para entreter os ouvintes, sejam nas discussões ou na parte técnica.

Para os interessados em entrar nesta onda, listo abaixo outros programas que tenho acompanhado também:

  • CocaTech
  • Fronteiras da Ciência
  • Guanabara.info
  • Iradex
  • Papo de Gordo
  • Radiofobia
  • Semana Tech Info
  • SpinOff TV Séries

Mais uma etapa…

E lá se foi mais uma passagem em minha vida… um momento que não voltará, exceto na lembrança.

Não, não estou arrependido, pelo contrário, tenho certeza que aprendi bastante com os desafios que a vida proporcionou-me neste período um tanto quanto “curioso”, mas como já dizia o arquiteto no filme Matrix, “Tudo que tem um começo, tem um fim”.

O tempo passou, foram quase cinco anos de intensa batalhas, esgueirando-me nas trincheiras da insanidade, buscando uma luz, algo que fosse trazer-me a tona em uma realidade de incontestável conforto, mas infelizmente não aconteceu. Claro que a perfeição é a fantasia que nossa mente insiste ressaltar, colocando-nos frente a frente, sem que ao menos nos diga como alcança-la, mas será que deveríamos realmente alcançá-la? Será que não o fizemos, e apenas não nos demos conta?

Refletindo sobre isso, recordo-me de meus pais dizendo que tudo tem um motivo para estar acontecendo, e realmente acredito nisso, portanto, agradeço o quanto cresci profissionalmente e pessoalmente, graças a esses desafios. Não há aprendizado melhor do que aquele que nos faz crescer, mesmo que no momento apresente-se como algo não tão bom quanto gostaríamos.

O melhor agente secreto de todos os tempos

Nostalgia é uma sensação de saudade, um sentimento que surge do pensamento de não poder mais reviver certos momentos da vida, momentos estes importantes e, que normalmente refletem um pedaço do que nos tornamos. A nostalgia, por mais trise que possa parecer a primeira vista, deve ser encarada como algo bom, pois mostra que crescemos e, mais do que tudo, que aprendemos a valorizar o que é importante na vida, e também àqueles que foram nossos guias, mentores e ídolos.

Momentos bons do passado podem vir a tona a partir de qualquer coisa, uma imagem, uma música, um lugar, um objeto, um cheiro, etc., e neste último final de semana o que me trouxe estes sentimentos foi o agente mais atrapalhado da história da espionagem, Maxuell Smart.

Ao começar a rever o seriado me deparei com a lembrança de meu pai chegando em casa, depois de um longo dia de trabalho, e sentando comigo para assistir o seriado na TV. Era um momento fabuloso, ao qual relembro com muito carinho. Naquele momento, meu pai era mais do que um James Bond, pois era o melhor agente secreto e estava ali, ao meu lado, me explicando as coisas, dando-me as pistas para desvendar as tramas da vida.

Cquote1.png Mas é claro! O velho truque do artigo que fala de um seriado antigo! Cquote2.png

Mas, voltando ao seriado, Get Smart, como é conhecida originalmente, é um seriado fantástico, daqueles que é impossível assistir sem relacionar suas inusitadas situações àquelas que nos deparamos no dia a dia em nossa vida. Quem já não quis ser um agente secreto ou ao menos estar diante de situações decisivas para a história da humanidade? Todos queremos segurar as rédeas da vida, e por que não como um agente secreto?

Criado por Mel Brooks e Buck Henry em 1965, e protagonizada por Don Adams, o seriado abordava temas de espionagem, guerra fria, entre outros, sempre com um ingrediente de reflexão social, inclusive com doses de um tema muito falado nos dias atuais, a sustentabilidade. As consequências dos atos da K.A.O.S. não apenas nos mostravam que o bem prevalece, mas também que sempre, independente da situação, é possível vencer com uma boa dose de humor. O que isso significa? Que devemos levar a vida, as situações cotidianas com humor, por mais séria que ela pareça.

Quem também não pode ser deixado de lado é o “CHEFE” do Controle, este símbolo da hierarquia, responsável pelos mandos e desmandos do pobre Agente 86, era acima de tudo um ser humano, diferentes de muitos psicopatas que nos deparamos hierarquicamente em nossas vidas profissionais e que só o que sabem fazer é nos infernizar. Mas um jargão se mantém até os dias atuais… “Desculpe por isso, chefe!”

Por último, e não menos importante estava a bela Barbara Feldon na pele da Agente 99, par romântico de 86 e peça
chave para a evolução da trama. Ela era fantástica e cativante, porque vivia os conflitos de Smart com a mesma paixão, por mais absurda que a situação  pudesse parecer, em nenhum momento fazia-o de bobo ou desacreditava-o. Quando agia era sempre para um bem maior.

Maxuel Smart era sem sombra de dúvida o melhor agente secreto de todos os tempos, diferente de 007, ele não tinha licença para matar, mas era o que ele mais tentava a cada episódio, nos matar de rir. Destaque também para os dispositivos avançados de alta espionagem, como o “Sapatofone”, o primeiro celular da história, do “Cone do Silêncio”, a arma disfarçada, entre outros.

Cquote1.png Errou por um tantinho assim. Cquote2.png

Os leitores mais novos provavelmente não entenderão nada do que está nas estrelinhas dos parágrafos acima. Sua breve memória fará apenas uma menção à refilmagem de 2008, com  Steve Carell e Anne Hathaway.  Esta versão não é ruim, mas muito fraca se comparado aos episódios medianos da velha guarda. A história não é a mesma e 86 é tratado praticamente como um retardado, incapaz. Enfim, o filme valeu pela lembrança, mas só me fez querer ainda mais rever o original Don Adams na pele do Agente 86.

Cquote1.pngVocê acreditaria se eu dissesse que 10 mil pessoas leram este artigo? Se se fossem 10?Cquote2.png

%d bloggers like this: