Horizonte de Eventos

Reflexões sobre a vida, o universo e tudo mais

SCRUMlhambando TI

Um tema que atualmente está muito na moda no mundo de TI são as metodologias ágeis e recentemente fui incumbido de preparar um material sobre elas e deparei-me com uma realidade triste, elas não existem.

Percebam que quando falo de sua inexistência, refiro-me que não existem como algo diferente do que tínhamos até então, ou inovador, mas sim as mesmas coisas sendo feitas de maneira diferente. Até aí, ponto positivo. Eu mesmo reconheço significarem uma evolução ao pensamento tradicional, mas será que são realmente tudo isso? Devemos abandonar tudo e seguir essas “metodologias”? Na minha opinião a resposta é não!

Quando trabalho na definição de processos a primeira coisa que penso é em garantir sua usabilidade, ou seja, que tudo que estou criando seja útil. O segundo ponto é que seja otimizada o suficiente para evitar qualquer tipo de burocracia, assim, não é porque possuem documentações, workflows e etc que não são processos ágeis.

O que realmente me incomoda é o pensamento de muitos profissionais que tomam essas “metodologias” como verdadeiras desculpas formais para não fazer o que precisa ser feito, ou seja, não documentar, não seguir os passos do processo, dentre outras coisas, pois quando são cobrados, respondem que não fizeram, pois estão seguindo uma metodologia ágil.

Como comentei, reconheço o valor das idéias ágeis e que todos os processos devem sempre ser pensados e criados de forma otimizada, pensando-se na utilizada de seus elementos. Um processo engessado, não útil, não serve para nada e não deve ser utilizado, assim vejo excelentes metodologias que são adequadas para determinadas situações, mas que são rotuladas como não-ágeis simplesmente porque não foram implantadas corretamente e, muitas vezes as pessoas não conhecem o que está definido ou não ligam para o que está lá.

Para mim, o mais importante em um processo metodológico é a síntese do PDCA (Plan-Do-Check-Act) sendo aplicado com seus passos através de um modelo ETVX (Entry-Task-Verification-Exit), pensado com foco na utilização e no resultado.

Anúncios

Comentar:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: